Colher experiências

Leia Mais

Pensamentos de chuva

Sibélia Zanon


“Gosto de dirigir em dias de chuva”, disse uma vez um amigo, ao contar que não tem tempo de parar para ficar olhando a chuva e, por isso, aproveita para admirá-la quando precisa dirigir nos dias chuvosos.

O ponto de vista curioso e original dele me fez pensar na minha relação com a chuva. Lembrei-me de uma tarde de verão, em que meu marido e eu fomos surpreendidos por um...
Leia Mais

Primavera

Sibélia Zanon


As videiras dormem no inverno. Hibernam. Há, contudo, uma força latente dentro delas, que aguarda um chamado. O chamado da primavera. Dentro de cada um de nós também existem elementos que hibernam. Hibernam ideias, conceitos, certezas sobre como as coisas são ou não, certezas sobre como deveriam ser... No nosso caso, para todos esses elementos um tanto adormecidos que nos...
Leia Mais

Vivência

Sibélia Zanon

Experiências podem ser transformadoras. Podem fazer com que formas antigas de pensar morram para dar espaço a novas maneiras de sentir e de agir. É como se pudesse brotar um jeito novo de ver uma mesma coisa ou, ainda, um jeito novo de notar algo que antes não nos chamava atenção. Assim, podem morrer ilusões emprestadas ou conceitos rígidos para, depois, nascerem formas vivas e...
Leia Mais

Os Mandamentos Incas


Entre os povos altamente desenvolvidos da América do Sul, estavam os incas. Sua forma de ver a vida fez com que pudessem lidar com muita riqueza sem perder a real noção de valor das coisas. Para eles, o destino era determinado pela fé e pelos valores nos quais baseavam a vida.


“Os incas possuíam, decerto, o mais organizado Estado...
Leia Mais

Festa da Batatinha

Sibélia Zanon


Em frente ao 
portão A6,
 a mãe e três 
crianças esperavam o
 embarque sentadas 
nas poltronas pretas. As 
crianças comiam batatinha chips,cada uma com seu saquinho. Ora sentavam, ora levantavam e passeavam ali por perto com as batatinhas nas mãos.

A menina mais jovem havia se libertado do par de tênis cor-de-rosa, que agora estava jogado embaixo dos assentos. Andava pra lá...
Leia Mais

Quanto valem os valores?

Sibélia Zanon



Na mesa do restaurante, um casal jovem conversa animadamente enquanto uma criança pequena perambula pelo salão, sem maior vigilância dos pais. A criança aproxima-se da mesa do casal, salta para cima do banco de couro vermelho em que eles estão sentados, desce, circula ao redor da mesa. Sua pequena estatura transforma a quina da mesa numa ameaça. A moça, mais interessada na...
Leia Mais

Valores

Sibélia Zanon

Valores são inspiradores, atraentes, irradiam frescor e transmitem confiança. Transparecem nas ações grandiosas e também naquelas minúsculas. A forma como lidamos com eles pode dizer bastante sobre cada um de nós. Nas crises, os valores que realmente importam emergem com mais força ou mais visibilidade porque os desafios nos obrigam a questionar: qual a minha paleta de cores...
Leia Mais


Cadastre-se