Recepção de primavera

Sibélia Zanon




“Deus é a força que impulsiona as leis da natureza, a força que ninguém ainda compreendeu, que ninguém viu, mas cujos efeitos cada um, dia a dia, hora a hora, até mesmo nas frações de todos os segundos, tem de ver, intuir, observar, se apenas quiser ver, em si próprio, em cada animal, cada árvore, cada flor, cada fibra de uma folha, quando irrompe do invólucro para...
Leia Mais

De repente, presente

Sibélia Zanon



No meu aniversário de 26 anos ganhei um presente. A minha boneca preferida da infância, esquecida no fundo de algum baú, foi resgatada em silêncio. Recebeu cuidados no hospital, ganhou nova roupa e sobrevida. Voltou para casa embalada para presente, feito coisa inédita. Quando abri, além da surpresa do reencontro, a boneca ainda fazia o mesmo gesto encantado que já não...
Leia Mais

Raízes ocultas

Sibélia Zanon


Toda árvore tem raízes
 e cada uma a seu jeito. 
Algumas possuem raízes
 que habitam profundezas subterrâneas; outras, raízes aéreas 
ou aquáticas. Qualquer que seja o tipo da raiz, sua função é sempre relevante. Sustenta a planta com equilíbrio e absorve substâncias fundamentais para a sobrevivência, como água e minerais.

O ser humano também tem raízes. Mesmo que alguns...
Leia Mais

Raízes

Sibélia Zanon





O que somos, por onde andamos e como nos sentimos são produtos das nossas escolhas, da nossa história, das nossas origens. São produtos de como estamos nutrindo nossas raízes e nossa essência. Por quais objetivos nos movemos enquanto indivíduos? E enquanto nação? Essas e outras perguntas levam a uma reflexão sobre o solo em que crescemos, o solo que nos...
Leia Mais

O cultivo da beleza

Daniela Schmitz Wortmeyer


Eu voltava de ônibus de um distrito rural da minha cidade natal, olhando a paisagem pela janela, meditando sobre os últimos acontecimentos... Então vi uma cena, envolta por uma luz suave, que me alcançou profundamente, trazendo lágrimas à tona. Era uma casa simples de madeira, sem pintura, acho que nem cerca tinha. Em frente havia uma pequena varanda, circundada...
Leia Mais

Espírito, alma, corpo...




   "Bildad elogiou Haran e Biltis, buscando a seguir três copos de ouro da sala contígua. Colocou primeiramente os copos lado a lado na mesa, de modo que todos pudessem vê-los; a seguir, colocou-os um dentro do outro.

— Agora podeis ver apenas um copo. Aliás, o mais externo. Suponhamos que esse copo fosse o corpo terreno. Se esse corpo terreno morrer, então aparece o copo do meio, a...
Leia Mais

Oficina do Destino


Daniela Schmitz Wortmeyer 

Um poema que não te ajude a viver e não saiba preparar-te para a morte
não tem sentido: é um pobre chocalho de palavras.
Mario Quintana


Certa vez um amigo me contou uma história, que trazia uma imagem mais ou menos assim: uma mulher fazendo um bordado sobre uma mesa alta, com os fios pendurados para baixo. No chão havia crianças pequenas...
Leia Mais

Tempero acertado


Sibélia Zanon

A médica perdeu o avião porque uma greve aeroviária impediu que seu voo de conexão chegasse a tempo. Aguardando na comprida fila da companhia aérea, ela xingava tudo e todos em alto tom. Xingava a...
Leia Mais


Cadastre-se