Raízes

setembro 01, 2014

Sibélia Zanon





O que somos, por onde andamos e como nos sentimos são produtos das nossas escolhas, da nossa história, das nossas origens. São produtos de como estamos nutrindo nossas raízes e nossa essência. Por quais objetivos nos movemos enquanto indivíduos? E enquanto nação? Essas e outras perguntas levam a uma reflexão sobre o solo em que crescemos, o solo que nos alimenta e qual a história e relação que construímos com ele. Qual a importância das nossas raízes e origens?



“Nas minhas memórias enterradas

Vão achar muitas conchas ressoando...”


Manoel de Barros



Leia Também

Hora do universo

outubro 27, 2020

Ampulheta na areia

“‘Sublime e misteriosa Esfinge, dize-me: Qual é a hora que o relógio do Universo anuncia?’

Roselis von Sass, Sabá, o País das Mil Fragrâncias

Leia Mais
Linha bem traçada

outubro 24, 2020

Caminho subindo para o alto de uma montanha
 
Envolto em expectativa e, às vezes, misticismo, o destino parece conter para alguns o segredo, o intocável e a chave do amanhã. Trilhando outras estradas de questionamento: seria o destino antítese ou irmão do acaso? Liberdade, livre-arbítrio e destino seriam compatíveis? 
Leia Mais
Fragilidade

outubro 22, 2020

Terra caindo de uma mão com por do sol ao fundo

“— Talvez o senhor tenha visto o espírito dele! disse Tobias cansado.
— Espírito? Markus tentou falar o mais indiferentemente possível. Percebe-se que o senhor já vive há muito tempo na África! Nenhuma pessoa civilizada crê mais em espíritos!
— O senhor e os da sua espécie têm razão! observou Tobias, agora impaciente. O mundo civilizado acredita apenas na sua própria grandeza! Por isso se tornou tão frágil, que vive em constante medo de ruir.”

Roselis von Sass, África e seus Mistérios

Leia Mais