Vida após a morte

maio 03, 2022

Imagem de duas borboletas ao lado de seus casulos


"Mais uma vez ainda teve de entrar em choque com os adultos, aliás, durante uma das suas muitas permanências na Itália. Leopoldina ouviu contar que havia morrido uma personalidade de larga projeção social e que os descendentes da mesma estavam inconsoláveis com a perda desse ente querido. Ao ouvir isso, Leopoldina começou a rir, dando mostras de grande alegria. Que gente tola ficar triste por isso, visto que a pessoa não morreu, mas apenas se arrastou para fora do casulo. Assustados com a atitude da menina, os circunstantes fitaram-na com olhos inquiridores, como que procurando descobrir nela alguma tara hereditária. Feliz
mente uma tia da pequena, que ali estava presente, tomando-a carinhosamente pela mão, saiu com ela dali, para dar um passeio. No caminho, pôs-se a tia a explicar que os seres humanos não se arrastam para fora do casulo, como a menina havia dito, mas que no máximo podia-se dizer que eles se erguem dos seus corpos, flutuando até o céu. Leopoldina achou muito bonita a explicação, não usando mais, daí por diante, a expressão 'arrastar-se do casulo', mas sim as palavras 'erguer-se do corpo', quando se tratava de narrar a morte de alguém."

Roselis von Sass, Leopoldina - Uma Vida pela Independência

Veja mais sobre o livro



Leia Também

Páginas viradas

março 29, 2023

livro aberto

 

“Os ensinamentos assimilados de tempos passados devem nos ajudar no ajuste, no balizamento de nossa vida presente, a fim de que não cometamos os mesmos erros reconhecidos, e que permaneçamos na vereda das ações que reconhecemos como acertadas.

Roberto C. P. Junior, O Dia Sem Amanhã 

Leia Mais
A Árvore do universo

março 25, 2023

Ilustração abstrata azul e roxa

 

Roselis von Sass conta no livro A Grande Pirâmide Revela seu Segredo que no reino dos grandes seres da natureza há uma árvore extraordinária, conhecida por árvore do Universo. Ela se faz ponte e pulsação entre ser humano e natureza.

Leia Mais
Compaixão

março 21, 2023

Mão segurando uma flor de dente de leão com as pétalas a voar

“Assim, pois, o mínimo favor prestado aos seus semelhantes, um sentimento sincero de compaixão pelo próximo, uma única palavra amistosa, podem formar remições simbólicas para um carma, desde que interiormente seja formada como base a vontade sincera para o bem.”

Abdruschin, Na Luz da Verdade - Mensagem do Graal
Leia Mais