Relançamento

outubro 13, 2012


"Quando a Estrela Lunar se apagar, nosso mundo também se apagará!", alerta a profecia.

Como uma serpente que coloca seu pescoço ameaçador para fora das águas do mar, os forasteiros Syphax e Tus disseminam a mentira tal qual veneno sobre a Atlântida, desmentindo a gravidade da profecia e semeando a dúvida: seria realmente necessário deixar a Atlântida? Seria verdadeira a profecia sobre o afundamento do país dos dragões alados no mar? Por que abandonar a pátria com tanta pressa?

Syphax não foi expulso pelo rei Witu e agora a princesa Brunhild apaixona-se perdidamente pelo forasteiro.

Gurnemanz, mentor espiritual, empreende grandes viagens pelo país para conscientizar os atlantes sobre a necessidade de abandonarem sua pátria em direção a um novo lar antes que seja tarde.

A desconfiança esparrama-se e prepara-se para dar o bote. Quem se salvará?



Curiosidade:

Desde que Platão mencionou a Atlântida, cientistas do mundo inteiro dedicam-se ao enigma desse continente desaparecido.

Roselis von Sass descreve os últimos cinquenta anos desse país – uma enorme ilha protegida por íngremes rochedos – com uma exuberante natureza e animais em grande parte hoje extintos, dentre eles os lendários dragões alados. 



Leia Também

Percepção do Tempo

dezembro 03, 2022

Tons dourados de luz natural sob destaque de detalhes em plantação de trigo.

É a vivência do ser humano que se intensifica a partir de certa idade, e não o tempo. O tempo não muda. Os movimentos dos ponteiros do relógio apenas registram numericamente nossa passagem dentro do tempo aqui na Terra. O tempo não passa, nós é que passamos dentro dele.”

Roberto C. P. Junior, Jesus Ensina as leis da Criação
Leia Mais
Intuir na oração

novembro 29, 2022

Galhos com gotas de orvalho brilhando na luz do sol

“Na alegria ou na aflição é sempre muito mais valioso um intuir ardente, sem palavras, do que mil orações verbais, mesmo que esse intuir dure apenas uma partícula de segundo.”

Abdruschin, Os Dez Mandamentos de Deus e o Pai Nosso
Leia Mais
Girar junto

novembro 26, 2022

Ilustração de moça em cima de cavalo


Quero me ajustar aos ventos que botam folhas, cabelos e crinas a voar pelo espaço – sem dor, sem resistência, feito música. 

Leia Mais