Vontade do espírito

Junho 13, 2019

 

“Imaginai, pois, o oleiro sentado diante do torno e da argila, que em sua flexibilidade se deixa plasmar em todas as formas. O torno, porém, não é movido pelo próprio oleiro, e sim por uma correia de transmissão que, por sua vez, a força duma máquina não deixa parar.

Mediante a pressão do dedo conforma-se então a argila em contínua rotação, rotação que a pedra executa tendo a argila em cima. De acordo, porém, com a pressão do dedo, assim se vai plasmando a forma, que pode sair bonita, feia, horrível.

De idêntica maneira age também o espírito do ser humano neste mundo, da Criação posterior. Ele exerce a direção segundo a sua vontade, isto é, a pressão, como espírito sobre parte do enteal, que forma a matéria fina e também a grosseira. O enteal é para o espírito o dedo que exerce a pressão, conforme sua vontade. A argila é a matéria fina e a matéria grosseira, todavia o movimento, que se dá independentemente do espírito humano, são os movimentos automáticos das leis primordiais da Criação, semelhantes a correntes, que impelem ininterruptamente para o desenvolvimento tudo o que o ser humano forma com a sua vontade.

Assim, a vontade do espírito humano é responsável por muita coisa que se desenvolve na Criação posterior, pois ele exerce como espírito a pressão que determina a espécie da forma. Nada pode ele querer sem simultaneamente formar! Seja lá o que for! Por isso nunca pode se subtrair também à responsabilidade por tudo quanto tem formado. O seu querer, o seu pensar e o seu agir! Tudo toma forma na engrenagem deste mundo. Que o ser humano não o soubesse ou mesmo não quisesse saber, fica por sua conta, é sua culpa. Sua ignorância não altera o efeito.”

Abdruschin, Na Luz da Verdade – Mensagem do Graal

Faça o download gratuito da obra



Leia Também

Olhar que espia

Outubro 15, 2019

Livro "Espiando pela Fresta", de Sibélia Zanon

"É bom descobrir vez ou outra, despretensiosamente, que o anonimato da grande cidade ainda guarda Guilhermes. Guilhermes crianças, moços, adultos ou velhos nos mais surpreendentes becos do caminho. Ainda que poucos, eles deixam belas marcas..."

Sibélia Zanon, Espiando pela Fresta
Leia Mais
Guardiões das crianças

Outubro 10, 2019

Livro - "Quem protege as crianças?", de Antonio Ricardo Cardoso

 
"Os guardiões das crianças,
assim eles são chamados,
pois desde que vocês nascem
se desdobram em cuidados,
e até o fim da infância
vão estar sempre ao seu lado."
 
Antonio Ricardo Cardoso, Quem Protege as Crianças?
Leia Mais
Dotado de coração

Outubro 08, 2019

Dotado de coração
 
“O espírito nada tem a ver com o raciocínio terrestre, e sim apenas com a qualidade que se costuma denominar ‘coração’. Rico de espírito tem, pois, a mesma significação que ‘dotado de coração’, e não, dotado de raciocínio.”
 
Abdruschin, Na Luz da Verdade – Mensagem do Graal
Leia Mais