Leopoldina - A Imperatriz que consolidou o destino do Brasil

janeiro 26, 2019

Pensar em destemor, tenacidade ou valentia traz a lembrança de uma personagem fundamental para a nossa História. Jovem, Leopoldina, princesa da Áustria, viu-se conduzida para um mundo distante – o Brasil.

Pode-se dizer que a educação que a princesa recebeu na Áustria foi uma educação-modelo para a sua época. Faziam parte de seus estudos: leitura, escrita, aritmética, alemão, francês, italiano, latim, desenho, pintura e música. Leopoldina era especialmente interessada em mineralogia, botânica, ciências naturais, astronomia e física, tendo ainda talento para a música e a pintura.

Em diversos momentos na sua formação, ela teve a atenção voltada para o Brasil. Inicialmente, aos 10 anos, por conta de um professor de religião, padre jesuíta vindo de Roma, que contava sobre as perseguições aos jesuítas no Brasil, sobre o Descobrimento e a perseguição aos índios. Leopoldina sentia-se atraída por aqueles relatos e passou a conhecer a História do Brasil melhor do que qualquer pessoa na Áustria.

Quando a princesa Leopoldina chegou ao Brasil, tinha 20 anos de idade. Tornou-se a primeira mulher a ter seu papel político reconhecido no país. Por todo o período que esteve aqui, lutou junto a grandes personagens pela Independência.

O grande poder de decisão e a perseverança de Leopoldina influenciaram na formação de novos caminhos para o Brasil, culminando com o famoso grito da Independência que lhe deu a emancipação política.

A vida difícil ao lado de Dom Pedro nunca se constituiu em empecilho para suas importantes realizações. Leopoldina seguiu sempre em frente, guiada por grandes objetivos.

“Aproximava-se, finalmente, o dia da sua chegada ao Rio de Janeiro, dia 4 de novembro de 1817. Pôde, então, Leopoldina contemplar o mais maravilhoso quadro da natureza que jamais lhe fora dado ver: a entrada da Baía de Guanabara.”

Roselis von Sass
Leopoldina – uma vida pela Independência

 



Leia Também

A luta na natureza

abril 16, 2024

Foto. Horizonte dourado da savana, onde o céu e savana se entrelaçam em um, grande árvore torneada por luzes douradas ao fundo de um leão imponente de olhar penetrante.

Se, no entanto, um animal tem de estar constantemente alerta e em prontidão de defesa, ele não somente se torna e permanece animicamente vigilante, mas progredirá continuamente em inteligência, lucrando de toda maneira. Permanecerá vivo em todos os sentidos. E isso é progresso! Assim se dá em relação a cada criatura! ” 

Abdruschin, Na Luz da Verdade - Mensagem do Graal 

Leia Mais
O Gnomo da terra

abril 13, 2024

Foto de zoom em verdejante vegetação, densa, forte, intensa sobre terreno seco e árido.

“Um pequeno gnomo da terra, envolto numa capinha amarela com capuz, acenava todo agitado com ambas as mãos, enveredando para a direita e desaparecendo entre arbustos floridos.” 

Roselis von Sass, A Grande Pirâmide Revela o Seu Segredo 

Leia Mais
A criação do ser humano

abril 09, 2024

Foto de filhote de macaco, graciosamente pendurado em galho de árvore verdejante.


Os animais desenvolvidos ao máximo, antes mencionados, que com as transmutações operadas na Terra acabaram desaparecendo, são designados hoje como ‘seres humanos primitivos’. Chamá-los, porém, de antepassados do ser humano é um grande erro!”

Abdruschin, Na Luz da Verdade - Mensagem do Graal 

Leia Mais