Descoberta

abril 25, 2020

Imagem de cogumelos avermelhados crescendo no chão


“O inca que caminhava à frente do grupo parou de repente. Surpreso, indicava as unidas e entrecortadas paredes de rocha. Por toda a parte cresciam cogumelos vermelhos de talos compridos. Estavam agrupados, parecendo um ramalhete de flores vermelhas.

— Um rauli! Vê, ele indica os cogumelos! Não foi à toa que viemos até esse fechado vale de rocha! exclamou alegre um outro inca, enquanto apontava para uma cabeça coroada de flores que os fitava do meio de um arbusto. Os incas logo viram o rauli que, todo alvoroçado, indicava com as mãozinhas os cogumelos vermelhos. Compreenderam também imediatamente o que ele queria lhes dizer.

— Os cogumelos vermelhos contêm um medicamento! disse o inca que primeiramente havia percebido o rauli. Depois do pôr-do-sol colherei o mais possível deles e os levarei ao conhecedor de plantas. E assim aconteceu. Ainda na mesma noite voltou com um lhama carregado com duas cestas para a Cidade de Ouro.”

 Roselis von Sass, A Verdade sobre os Incas

Leia o livrete



Leia Também

Fé e confiança

outubro 20, 2020

Imagemcom silhueta de Moisés e desenhos egípcios


A Vida de Moisés, Coleção o Mundo do Graal

 

Leia Mais
Clareza na escuridão

outubro 17, 2020

Estrela de Belém, em destaque, iluminada por luz dourada em vaso de cerâmica vazado com detalhes de estrelas, sob aparador também iluminado.

Jamais esteve previsto que o desenvolvimento do ser humano aqui na Terra tivesse de se processar no escuro, às apalpadelas, sem uma compreensão clara de sua origem e missão. Pelo contrário. Desde o nascimento do primeiro ser humano na Terra, já estava determinado que ele teria informações crescentes sobre o sentido da vida e seu papel na engrenagem universal. Mas isso sempre e somente quando atingisse,  por si mesmo, um determinado grau de maturidade. Nunca antes, pois o solo precisa estar adequadamente preparado para a semeadura, caso contrário ela não vinga.”


Roberto C. P. Junior, Jesus Ensina as Leis da Criação

Leia Mais
Emergir

outubro 15, 2020

Imagem de garrafa com mensagem interna de pergaminho, na beira da praia, com as ondas ao fundo e raio de sol destacando a garrafa.

“Na medida em que os tempos se aceleram e trazem a colheita daquilo que o ser humano plantou, as profecias – mais antigas ou recentes – vêm à tona. Profecias mostram sua relevância na medida em que fazem as pessoas pensarem sobre sua atuação presente e questionarem o sentido da vida. São significativas também como alerta, podendo apontar novas direções para a 
humanidade e para cada indivíduo.”

Prefácio do livro  Profecias e Outras Revelações, de Roselis von Sass
Leia Mais