Buddha

janeiro 29, 2013



Uma viagem pela Cordilheira do Himalaia, ao encontro das origens do budismo!

O príncipe Siddharta levava uma vida paradisíaca no palácio de Kapilawastu e, subitamente, teve que descer até a mais baixa casta social indiana para percorrer um intenso caminho de dificuldades e aprendizados.

Em sua peregrinação, Siddharta foi estimulado a refletir sobre
 diversos aspectos da existência
 humana que lhe pareciam obs
curos, desenvolvendo, assim, 
elevada sabedoria e tornando-se 
um mestre espiritual para seu 
povo. A grande revelação em sabedoria, no entanto, viria a ser seu neto e sucessor, Gáutama-Buddha.


Ao longo da narrativa, o leitor conhecerá os primórdios do budismo, obtendo uma nova visão sobre as origens de vários conceitos, como a causa dos sofrimentos humanos, o Nirvana e a reencarnação, atualmente interpretados de inúmeras formas.



Leia Também

Ser Natural

abril 20, 2024

Tronco e copa de uma grande árvore em direção ao céu

“Ser natural, porém, significa subir, esforçar-se em direção ao alto, seguindo a atração da força viva. Pois pela naturalidade tudo se esforça somente para cima, como cada erva, cada flor, cada árvore.
” 

Abdruschin, Na Luz da Verdade - Mensagem do Graal 
Leia Mais
A luta na natureza

abril 16, 2024

Foto. Horizonte dourado da savana, onde o céu e savana se entrelaçam em um, grande árvore torneada por luzes douradas ao fundo de um leão imponente de olhar penetrante.

Se, no entanto, um animal tem de estar constantemente alerta e em prontidão de defesa, ele não somente se torna e permanece animicamente vigilante, mas progredirá continuamente em inteligência, lucrando de toda maneira. Permanecerá vivo em todos os sentidos. E isso é progresso! Assim se dá em relação a cada criatura! ” 

Abdruschin, Na Luz da Verdade - Mensagem do Graal 

Leia Mais
O Gnomo da terra

abril 13, 2024

Foto de zoom em verdejante vegetação, densa, forte, intensa sobre terreno seco e árido.

“Um pequeno gnomo da terra, envolto numa capinha amarela com capuz, acenava todo agitado com ambas as mãos, enveredando para a direita e desaparecendo entre arbustos floridos.” 

Roselis von Sass, A Grande Pirâmide Revela o Seu Segredo 

Leia Mais