Brasília

janeiro 30, 2021

Pintura em aquarela de imagem artística da arquitetura de Brasília

Antigos povos nativos e incas já visualizavam a cidade planejada

“No presente relato serão dados a conhecer acontecimentos que, embora remotos, justificam a
afirmação de que a construção de uma grandiosa cidade em Goiás já havia sido planejada
ainda antes do Descobrimento do Brasil...”

Roselis von Sass, Revelações Inéditas da História do Brasil

Em 1955, o candidato à presidência da República, Juscelino Kubitschek, prometia, em comício,
transferir a capital do país para o Planalto Central, caso fosse eleito. Assim, ao longo de seu governo
iniciado em 1956, ocorreu a implementação do projeto. Distante dos grandes centros, surgia uma
Brasília planejada e monumental. 
Construída de forma rápida e intensa, num esforço concentrado, a idealização da nova capital foi
fortalecendo-se por séculos com a contribuição dos antigos povos nativos e, mais tarde, de
personagens da nossa História. Assim sugere a escritora Roselis von Sass, ao narrar em Revelações
Inéditas da História do Brasil as conexões de povos nativos do Brasil com os incas, lançando um olhar
espiritualista sobre a forte vontade que já guiava a busca pela nova localidade. Qual teria sido a força
motriz que fez com que a chama dessa ideia não se apagasse ao longo de tanto tempo?
“O primeiro a ter a ideia de transferir a capital do país para Goiás foi Francisco Tossi Colombina,
que elaborou no ano de 1750 um mapa desse Estado. Naquele tempo, naturalmente, ninguém
reconhecia a necessidade de tal medida, aliás impraticável. Não obstante, fizeram-se ouvir, sempre de
Novo no decorrer do tempo, vozes que se empenhavam a favor de uma transferência da capital para o
interior. Foi como se Francisco Tossi, com a sua sugestão, tivesse dado um sinal secreto, recebido e
interpretado corretamente por diversas pessoas vindas depois dele. Também José Bonifácio de
Andrada fazia parte delas!”



Leia Também

Girar junto

novembro 26, 2022

Ilustração de moça em cima de cavalo


Quero me ajustar aos ventos que botam folhas, cabelos e crinas a voar pelo espaço – sem dor, sem resistência, feito música. 

Leia Mais
Novos reconhecimentos

novembro 22, 2022

praia e céu com nuvens, raio de sol rompendo nuvens no horizonte

 "— Agradecemos ao nosso senhor e rei pela nova pátria já pronta para nos receber. A modificação fará bem a nós todos, pois entrará novamente mais movimento em nossa vida, mais trabalho, e certamente estarão ligados a isso também novos reconhecimentos espirituais!"

Roselis von Sass, Atlântida. Princípio e fim da grande tragédia

Leia Mais
Várias encarnações

novembro 19, 2022

Estrada de ferro rodeada de lindas árvores formando um túnel

"Todas as criaturas humanas chegam à Terra várias vezes, para se desenvolver em direção ao alto. O guia deu a Zoroaster, como a um escolar, o problema de pensar, primeiramente, sobre o porquê de o ser humano estar na Terra."

Zoroaster, Coleção O Mundo do Graal
Leia Mais