Roselis von Sass

Sabá, o País das Mil Fragrâncias

Material

Também disponível para Kindle. Acesse a loja pelo botão abaixo.




  • Feliz Arábia! Feliz Sabá!

    Situado a dois mil metros de altitude, ao sul da Península Arábica, na região do atual Iêmen, Sabá era chamado de "país das mil fragrâncias e país do aroma dourado", pois sua riqueza provinha das resinas de árvores como mirra, bálsamo e incenso - cujo intenso perfume podia ser sentido pelos navegantes que singravam a costa do País.

    "Bênçãos e alegria!" era o cumprimento dos sabeus de outrora, que viviam rodeados por beleza, harmonia e prosperidade. Esse povo permaneceu por longo tempo isolado das impurezas e tristezas que atingiam a vida dos seres humanos.

    A envolvente narrativa de Roselis von Sass resgata a personalidade de Biltis, poderosa rainha e suprema-sacerdotisa de Sabá, foco de infindáveis pesquisas e lendas, e sua célebre viagem em visita ao rei judeu, Salomão. Os ensinamentos da escola de sabedoria de Mestre Bildad, a ligação dos sabeus com a Natureza e sua abrangente medicina, as cerimônias religiosas e a condução política do País, entre outros aspectos, são explorados no curso de descobertas, conflitos e afetos dos personagens.

    O antigo povo sabeu nutria o anseio pelo saber espiritual. Rei Balak e seus valiosos papiros fizeram reviver os ensinamentos dos sábios caldeus, ligados à construção da Grande Pirâmide do Egito. Dois sacerdotes egípcios, em visita ao Reino, trouxeram conhecimentos sobre Moisés e um misterioso príncipe do deserto. Finalmente, a rainha Biltis liderou uma verdadeira reforma espiritual, provocando grandes mudanças nos costumes de seu povo!

    Assista o Vídeo da Obra:

  • ISBN 85-7279-066-7
    416 p. - 2002
    5ª ed. - Brochura
    14,0 x 20,8 cm


SOBRE A AUTORA


Roselis Von Sass

Roselis von Sass (1906-1997), nascida na Áustria, no ano de 1906, passou sua infância na Europa, fazendo lá também seus estudos.

Ainda jovem, em companhia de seu pai, veio para o Brasil, fixando-se aqui definitivamente. Casou-se, radicando-se na vivenda do casal, situada nos arredores de São Paulo. Aliás, tornou-se marcante na personalidade dessa tão especial escritora o seu profundo apego a nossa terra e nossa gente.

Muito cedo sua alma sensível aprendeu a discernir a realidade das aparências e ainda menina descobriu que: "Não é o lugar em que nos encontramos nem as exterioridades que tornam as pessoas felizes; a felicidade provém do íntimo, daquilo que o ser humano sente dentro de si mesmo".

Tudo o que aconteceu no decorrer dos tempos ficou registrado e guardado. Nada se perdeu. Pode-se dizer também que toda a vida humana que começou há milhões de anos foi filmada e arquivada até que todos os destinos humanos se cumpram na Lei da Justiça.

E a autora tem, como característica marcante de sua personalidade, o dom de perscrutar esse passado, narrando a grande tecedura de acontecimentos que ficaram gravados no grande livro do viver humano.

Sua vida laboriosa e fecunda foi sempre dirigida pelo "Amor". Amor à natureza com todas as suas criaturas; amor aos seres humanos e sobretudo um profundo e fiel amor ao Criador.

 

Cadastre-se