Vazante

abril 11, 2023

Pintura em aquarela de uma pessoa girando com leveza vista do alto

Às vezes anseio pela vazante. Tempo de esvaziar, verter, derramar tudo para poder ser calmaria. Contemplo a planície com presença. O horizonte parece distante e intocado como se ainda houvesse tempo. Sinto o cheiro da água que se esvai como se a tarde fosse toda construída para o olfato. Revisito na memória os lugares e as pessoas da semana que se foi. Contemplo o vazio e ele me contempla. Me preencho de espaço.
Não é pouco tudo o que cabe nas horas vazias.
“Ando muito completo de vazios”, escreve Manoel de Barros.
Na arquitetura, os espaços vazios são mais do que a ausência de construção. Eles são pequenos silêncios, possibilidades de interação com a natureza e com as pessoas, espaços para o apogeu absoluto da luz natural.
Na música, o vazio de som é parte da melodia. O tempo musical se dá pela sucessão de sons e silêncios.
Na natureza, o ciclo hidrológico de determinadas paisagens inclui a enchente, a cheia, a vazante e a seca. O pulso da água vai moldando a paisagem e se faz importante em cada etapa.
Vivemos épocas de cheias. Cheios de informação. Cheios de compromissos. Cheios de preocupações. Cheios de ideias. Cheios de opiniões. Cheios de certezas. É como se nosso interior fosse constantemente inundação.
Sem o vazio, sem a vazante, sem o silêncio, a paisagem interior perde a saúde e a luz natural. 
Cheia boa é aquela que se dá em ciclos e alterna com a vazante. É nos momentos de seca que somos preenchidos de vazios e é nessa ausência de construção que a luz natural acha espaço para entrar.

“A hora de descanso deverá levar-te à meditação interior, fazer com que reflitas sobre tua existência terrena de até então, principalmente, porém, sobre os dias de trabalho da semana finda, tirando disso conclusões proveitosas para o teu futuro.”

Os Dez Mandamentos e o Pai Nosso
Abdruschin


Leia Também

Forças das alturas

setembro 23, 2023

Vela acesa dentro de um castiçal

"
—Li-Erl, filho dos jardins sagrados, grande foi a graça que Deus me proporcionou, permitindo-me ver-te. Puro como Ele te enviou, assim te conservaste. Guiado pela Pureza terás de caminhar por entre os homens, reavivando a Luz que se extingue, trazendo a Verdade àqueles que se asfixiam nos pecados.”

Lao-Tse,
Coleção o Mundo do Graal
Leia Mais
Unidos em espírito

setembro 20, 2023

Flores cor de rosa crescendo juntas


"— Maon, o sábio, já se encontra em tua casa, Alaparos. Ele unirá Maris Iamin e Scham-Haran na Terra com as flores da pureza
."

Roselis von Sass, A Desconhecida Babilônia

Leia Mais
Vulnerabilidade

setembro 17, 2023

Aquarela de chama em graveto em rosa e verde

Em tempos de uniformização, produtividade e eficiência como valores máximos, a singularidade de cada chama pode assustar. Por vezes, tentamos mascarar nosso jeito, nosso brilho ou nossa sombra para que exista aceitação. Mas será que é isso o que a vida pede?
Leia Mais