Relógio interno

dezembro 10, 2019

Texto "Relógio interno" - O Vaga-Lume


Para quem não vê um campo de girassóis todos os dias, encontrar com um deles pela estrada é um evento. Se a estrada for tranquila e permitir uma paradinha, o encontro pode causar um atraso considerável na viagem ou no cronograma das atividades do dia. É preciso escolher o melhor ângulo para aproveitar o cenário. Há quem se perca pelo meio das hastes e demore a querer voltar. Van Gogh deve ter experimentado situação similar em suas andanças.

A cor solar, a beleza e a alegria cativam. E… como acréscimo, as hastes altas giram em direção ao Sol. A planta tem um tipo de orientação solar que atrai os insetos polinizadores, equipe essencial para a reprodução da espécie. O relógio interno do girassol faz com que ele se volte para leste já durante a noite, esperando o nascer do Sol e… faz pensar. Como está orientado o nosso relógio interno?

Será que o nosso relógio interno está constantemente se voltando para o lado solar da vida, que permite renovação, leveza e liberdade das formas rígidas?

“— Reino dos espíritos!
Susane fez um gesto com certo desprezo, perguntando a seguir, curiosa, qual a opinião de Anette a respeito da teoria de Visram sobre a migração das almas.
— Aquilo sobre o germe do amor, aliás, gostei muito ! …
— Eu?
Anette, insegura, olhou para Visram.
— Eu sinto que há nisso algo de verdadeiro… somente tenho medo de pecar, se desisto imediatamente da minha crença de agora…
— Pecar? exclamou Visram.
E seus olhos tornaram-se momentaneamente escuros de ira. A expressão aflita de Anette doía-lhe profundamente. Tomara que pudesse destruir as seitas e os dogmas rígidos. Quanto sofrimento essas mesquinhas formas de religião já não tinham desencadeado!
— Jamais poderás pecar quando pensares acima do dogma de tua igreja! Jesus não criou nenhum dogma. Isto é obra humana! Nossa felicidade não deverá destroçar-se em formas rígidas… Pensa nisso, Anette.
Visram falara oprimido e insistentemente. Nada na vida era tão importante como a liberdade espiritual ! …”

Roselis von Sass, África e seus Mistérios

Conheça esta obra aqui



Leia Também

Reconhecimento

maio 30, 2020

vista de horizonte ao fim de tarde, com céu rajado de cores, em espelhamento em lago raso ressaltando a vegetação aquática.

“Quer digas: Submeto-me voluntariamente às leis vigentes da natureza, porque elas são em meu benefício, ou quer digas: Submeto-me à vontade de Deus, que se revela nas leis da natureza ou na força inconcebível que impulsiona as leis da natureza... ocorre alguma diferença na atuação delas? A força aí está e tu a reconheces,
tensde reconhecê-la, sim, já que não te resta alternativa, tão logo reflitas um pouco... e com isso reconheces teu Deus, o Criador!”

Abdruschin, Na Luz da Verdade, Mensagem do Graal
Leia Mais
Subir cada vez mais

maio 28, 2020

“Pertenceis a esta Criação como uma parte dela, deveis, por conseguinte, vibrar com ela, atuar nela, amadurecer aprendendo dela, e assim, colhendo reconhecimentos, subir cada vez mais, dum degrau para outro, seguindo na irradiação, a fim de enobrecer tudo aquilo que entre em contato convosco no vosso caminho.” 
Abdruschin, Na Luz da Verdade – Mensagem do Graal
Leia Mais
ERA UMA VEZ EM SABÁ - TERCEIRA HISTÓRIA

maio 26, 2020

imagem de pessoa tocando instrumento musical de corda


Roselis von Sass - Sabá, o País das Mil Fragrâncias



Leia Mais