O Livro do Juízo Final

janeiro 01, 2012


de Roselis von Sass


Assista:




É evidente que a Terra está se modificando aceleradamente, em diversos níveis: ambiental, social, político, espiritual... Mas o que significam essas transformações? Haveria alguma relação com as antigas profecias sobre o Juízo Final?

O Livro do Juízo Final mostra que a expressão “fim do mundo” não corresponde à realidade. O Juízo realiza-se de fato, promovendo enormes transformações, porém de uma maneira diferente do que muitos imaginam. 

Não existem atos arbitrários. “Por essa razão é impossível que em poucos dias ou num prazo de dois a três anos a humanidade pecadora possa ser ceifada por catástrofes da natureza, tal como alguns pseudoprofetas o imaginam. Se tal acontecesse, a Terra teria de explodir e tudo o que nela vive seria destruído sem distinção.”

Roselis von Sass apresenta um olhar abrangente sobre as transformações vivenciadas pela humanidade, mostra que os inúmeros fatos têm relação entre si e são parte de um grande movimento universal.

Por meio de temas como profecias apocalípticas; os maias; as alterações no interior do Sol; deuses e a mitologia; o Grande Cometa, o Filho do Homem, entre outros, a autora enfoca o Juízo Final como fruto das atitudes do ser humano, que possui liberdade para proceder conforme desejar. Toda escolha, porém, acarreta consequências que, em algum momento, se farão sentir para cada um e para a coletividade.







Leia Também

Guardião de seu destino

outubro 01, 2022

Figura humana caminhando, imagem de pernas, em trilha aberta de capim rasteiro ao brilho de luz tímida.

“Uma pessoa que reconhece seus erros e que se liberta deles o mais breve possível nunca poderá cair no abismo! Apenas temos de ser sempre vigilantes, a fim de não perdermos o caminho para a felicidade celeste. Cada ser humano há de se tornar guardião de seu destino! Guardai isso bem! Cada um para si…”

Roselis von Sass, Sabá, o País das Mil Fragrâncias
Leia Mais
Cooparticipar

setembro 27, 2022

Foto de flor branca em fundo escuro, iluminada por luz de fundo a esplandecer.

Entretanto, também pode dar-se o contrário; podeis contribuir também, e mais fortemente ainda, para a paz e a bem-aventurança da humanidade, podeis, mediante pensamentos puros e alegres, coparticipar das obras que através de vós são realizadas por pessoas, mesmo distantes. 
Eis logicamente por que motivo aflui sobre vós também a bênção, sem que saibais a razão de a receberdes.” 

Abdruschin, Na Luz da Verdade – Mensagem do Graal
Leia Mais
Desprender

setembro 25, 2022

Ilustração de flor azul


Podemos até achar que somos livres, como uma pipa ao vento. Mas, se prestarmos atenção, talvez estejamos ainda ligados por um fio a valores que precisam ser deixados ou reformulados.

Leia Mais