Grandes entes

março 04, 2021

Imagem de sol entre nuvens e com montanhas ao fundo iluminando  lago


“Os germanos e os povos nórdicos chamavam esse casal ‘Odin e Freya’, ou ‘Wotan e Frigga’. Pelos gregos foram denominados de ‘Zeus e Hera’ e pelos romanos de ‘Júpiter e Juno’; pelos egípcios de ‘Osíris e Ísis’ e pelos sumerianos de ‘An e Inana’. E assim existem muitos nomes ainda que no seu sentido têm todos a mesma significação. Por exemplo, Odin e Wotan significa: ‘portador da luz no Universo’; Júpiter: ‘o que traz luz’; Osíris: ‘luz do céu’. Todos os nomes transmitem em seu sentido exatamente a espécie e a atuação do portador do nome.

Odin, Zeus, Júpiter, Osíris e An são, portanto, apesar das diversas designações, sempre o mesmo ser enteal, tratando-se sempre do supremo guia e soberano do Olimpo.”

Roselis von Sass, O Livro do Juízo Final

Assista aqui a série de vídeos sobre Mitologia 

Conheça o livro



Leia Também

Olhar atento

setembro 21, 2022

lírios

 

 Abdruschin, Na Luz da Verdade - Mensagem do Graal

Leia Mais
Dádivas da Terra

setembro 18, 2022

Mão colhendo trigo em uma plantação
 
"Não devemos permitir que nada se estrague! ensinavam a todos que frequentavam suas escolas. Pois os frutos da Terra são dádivas de Olija, a senhora da Terra, e de Inti, o senhor do Sol! E de todos os seus grandes e pequenos servos. Estes fazem com que as sementes germinem de tal forma, que brotem em direção à luz. As boas colheitas e toda a abundância que temos, agradecemos a eles! O trabalho com o qual contribuímos é a menor parte…” 

Roselis von Sass, A Verdade sobre os Incas
Leia Mais
Canções de gratidão

setembro 13, 2022

Lindo campo florido e iluminado pela luz do sol

"O povo da Atlântida realizava suas devoções a céu aberto. Peregrinavam na época da lua nova e da lua cheia, ao amanhecer, até as pedras de altar que seus antepassados haviam pedido para os gigantes colocarem no meio de belas florestas, geralmente de carvalhos. Lá chegando, doze mulheres posicionavam em círculo doze belos recipientes com velas acesas sobre o respectivo altar. Após isso entoavam canções de gratidão e de louvor em honra do onipotente Criador e em honra de Parsival, seu senhor e rei."

Roselis von Sass, Atlântida. Princípio e Fim da Grande Tragédia
Leia Mais