Colher experiências

novembro 09, 2016




Quando pequena eu gostava de colecionar sementes que achava no quintal. Chamava-as de nenéns e cuidava delas como se cuida de gente pequena. Olhava uma a uma e juntava-as num saquinho de pano ou nos bolsos da calça fofa de veludo. 

Colecionar experiências é tarefa exigente. Depende da intensidade ou atenção com que vivemos o presente e nele nos movimentamos. Depende da abertura que desenvolvemos para aproveitar toda a potencialidade daquilo que nos acontece. Depende, ainda, do poder de maravilhar-se com o ordinário no cotidiano.

Assim, muitas vezes, uma vivência pode ser despertada por uma observação atenta da natureza e até mesmo por meio de um filme, um livro, uma notícia, uma música e não apenas por aquilo que nos atinge de forma intensa, sejam insucessos ou felicidades.

Contudo, para conseguir extrair das experiências o significado é preciso movimentar-se. Isso não significa, necessariamente, buscar experiências extraordinárias, mas ter o euaberto e atento ao presente e a todos os pequenos e grandes acontecimentos, refletindo sobre as ações individuais e coletivas, suas motivações, consequências e significados. Com o olhar alerta, podemos ir colecionando aquelas sementes do cotidiano, que guardam em si o potencial de brotar vivências significativas dentro de cada um.




 Jesus Ensina as Leis da Criação



Leia Também

Verdade que Ilumina

fevereiro 04, 2023

Foto de cachoeira com duas cortinas de água, dois degraus de queda em meio a margens de pedra e contorno natureza verdejante.

“A verdade é a água da vida! A verdade é iluminação, luz, força!… A mentira é a origem de todo o mal no Universo!…”

Roselis von Sass, Sabá O País das Mil Fragrâncias
Leia Mais
Utilidade na natureza

janeiro 31, 2023

Planta verde em formato de mandala

“Quando me foi permitido reunir-me novamente com meus acompanhantes, para vivenciar mais uma parte do desenvolvimento do meu astro-pátrio, vi que a Terra já estava coberta de verde em muitos lugares.

Roselis von Sass, O Nascimento da Terra
Leia Mais
Compreensão

janeiro 28, 2023

Pintura de doces brigadeiros em tamanhos diferentes

Lidar com falhas, imperfeições e erros — os nossos e os dos outros — é um desafio. Vale lembrar que ninguém está pronto, somos inacabados porque em processo de evolução. Colocar-se nos relacionamentos de forma propositiva e auxiliadora, buscando compreender a história, o momento e a maturidade do outro é uma forma de doação. E conforme nos doamos, também recebemos.
“Tudo é interação e reciprocidade.” Alexander von Humboldt
Leia Mais