Colher experiências

novembro 09, 2016




Quando pequena eu gostava de colecionar sementes que achava no quintal. Chamava-as de nenéns e cuidava delas como se cuida de gente pequena. Olhava uma a uma e juntava-as num saquinho de pano ou nos bolsos da calça fofa de veludo. 

Colecionar experiências é tarefa exigente. Depende da intensidade ou atenção com que vivemos o presente e nele nos movimentamos. Depende da abertura que desenvolvemos para aproveitar toda a potencialidade daquilo que nos acontece. Depende, ainda, do poder de maravilhar-se com o ordinário no cotidiano.

Assim, muitas vezes, uma vivência pode ser despertada por uma observação atenta da natureza e até mesmo por meio de um filme, um livro, uma notícia, uma música e não apenas por aquilo que nos atinge de forma intensa, sejam insucessos ou felicidades.

Contudo, para conseguir extrair das experiências o significado é preciso movimentar-se. Isso não significa, necessariamente, buscar experiências extraordinárias, mas ter o euaberto e atento ao presente e a todos os pequenos e grandes acontecimentos, refletindo sobre as ações individuais e coletivas, suas motivações, consequências e significados. Com o olhar alerta, podemos ir colecionando aquelas sementes do cotidiano, que guardam em si o potencial de brotar vivências significativas dentro de cada um.




 Jesus Ensina as Leis da Criação



Leia Também

Profecia em pedra

junho 02, 2020

Foto da grande Esfinge do Egito com fundo de céu estrelado e vista do contorno da borda da via láctea.

“O astrônomo Horam, que até então estivera calado ao lado de Sargon, começou a falar.

— A pirâmide será uma profecia em pedra. Nela serão marcados o início e o fim do Juízo, bem como as datas de todos os acontecimentos importantes prestes a acontecer através do destino dos seres humanos."

Roselis von Sass, A Grande Pirâmide Revela seu Segredo
Leia Mais
Reconhecimento

maio 30, 2020

vista de horizonte ao fim de tarde, com céu rajado de cores, em espelhamento em lago raso ressaltando a vegetação aquática.

“Quer digas: Submeto-me voluntariamente às leis vigentes da natureza, porque elas são em meu benefício, ou quer digas: Submeto-me à vontade de Deus, que se revela nas leis da natureza ou na força inconcebível que impulsiona as leis da natureza... ocorre alguma diferença na atuação delas? A força aí está e tu a reconheces,
tensde reconhecê-la, sim, já que não te resta alternativa, tão logo reflitas um pouco... e com isso reconheces teu Deus, o Criador!”

Abdruschin, Na Luz da Verdade, Mensagem do Graal
Leia Mais
Subir cada vez mais

maio 28, 2020

“Pertenceis a esta Criação como uma parte dela, deveis, por conseguinte, vibrar com ela, atuar nela, amadurecer aprendendo dela, e assim, colhendo reconhecimentos, subir cada vez mais, dum degrau para outro, seguindo na irradiação, a fim de enobrecer tudo aquilo que entre em contato convosco no vosso caminho.” 
Abdruschin, Na Luz da Verdade – Mensagem do Graal
Leia Mais