Tempo de Transformação

março 30, 2024


“Cada um pode proceder conforme desejar; as consequências, porém,
correspondentes à sua vontade original, retornam a ele. No bom ou no mau sentido!”

Roselis von Sass, O Livro do Juízo Final

Andar por um piso desigual nem sempre é fácil. É preciso atenção redobrada,
equilíbrio no corpo, os sapatos certos e, ainda assim, pode acontecer um tropeço ou uma torcida de tornozelo. O momento atual desafia o caminhante a enfrentar um solo irregular e instável.

É comum sentir que a Terra está se modificando aceleradamente em diversas áreas: ambiental, social, política, espiritual… Mesmo que interpretado de formas diferentes, não há mais dúvidas de que o momento atual impõe grandes transformações. É como se tudo fosse sacudido para que ganhasse nova ordem.

Roselis von Sass sugere no livro A Grande Pirâmide Revela seu Segredo: “Mesmo as medidas desiguais do sarcófago encerram um profundo sentido. O piso desigual indica que na época do Juízo os seres humanos não mais terão sob os pés um solo liso e firme. A terra onde eles se locomovem não contém mais nenhuma segurança para eles. Não sabem o que o próximo passo lhes pode trazer”.

Muito tempo passou desde que pela primeira vez a expressão Juízo Final começou a ser usada. Da Grande Pirâmide do Egito até a terceira mensagem de Fátima, muitas revelações prometiam o Juízo Final para a época atual. Quando se fala em Juízo Final, no entanto, interpretações variadas surgem dessa expressão.

“O Juízo – este extraordinário acontecimento – realiza-se porém de uma maneira
bem diferente do que muitos imaginam. Não há destruições arbitrárias na Criação! Cada acontecimento está determinado com antecipação e cuidadosamente planejado até em seus mínimos detalhes. Assim, também o Juízo Final!”, escreve Roselis von Sass em O Livro do Juízo Final.

Ainda que desafiante, caminhar em piso desigual instiga muitos a buscarem
ativamente um ambiente mais harmonioso, um piso livre de percalços, um trajeto
mais bonito e menos desafiador. Essa busca leva tanto ao empenho de enxergar as belezas ocultas ao longo do caminho, como ao empenho de reequilibrar o mundo interior.

Esse pode ser o começo de uma grande transformação, capaz de levar a um novo equilíbrio porque “tudo o que uma pessoa pensa ou faz continua a viver”, escreve ainda Roselis von Sass.


Leia Também

Abalos Anímicos

julho 20, 2024


Daniela Schmitz Wortmeyer

Ainda me lembro com nitidez daquela cena: ela caminhava apressada com uma folha nas mãos, lendo o conteúdo, enquanto lágrimas se avolumavam em seu rosto. Entrou quase em fuga no vestiário. Eu, que passava pelo corredor nesse exato momento, tive o impulso de segui-la, sentindo que deveria ajudar.

Trabalhávamos em setores distintos, embora próximos, e nossos contatos até então se resumiam a poucas conversas triviais. E eis que, de súbito, me vejo diante dela, agora sentada em um sofá entre os armários do vestiário, com um diagnóstico em mãos: “câncer”. 

O turbilhão em que ela se viu a partir desse dia acabou envolvendo várias pessoas. Entre torrentes de lágrimas, apreensões compartilhadas, histórias inspiradoras contadas, palavras de apoio e carinho, abraços e orações, foi se formando uma comunidade em torno dela, cada um se esforçando para auxiliar como podia. Os laços foram se fortalecendo, pessoas antes dispersas passaram a se integrar e colaborar, sensibilizadas pelo que ocorria.

A partir daquele forte abalo, em que a terra pareceu tremer e escapar de baixo dos pés, muita coisa pôde vir à luz. Nossas conversas cotidianas se tornaram mais profundas e significativas, tocando em temas como a percepção da fragilidade da própria vida, os medos ligados ao que aconteceria consigo e com a família, reflexões sobre o que significou sua jornada até ali, perguntas sobre o real significado da existência, a busca por compreender os porquês, nos campos físico, emocional, espiritual...
Leia Mais
Corpo terreno

julho 16, 2024


"O corpo terreno está ligado  
àquela parte da Terra onde nasceu! Intimamente ligado também com todas as estrelas dessa bem determinada parte e com todas as irradiações que a ela pertencem. De maneira ampla, muito mais do que podeis imaginar! Somente  aquela  parte desta Terra dá ao corpo...”

Abdruschin, Na Luz da Verdade - Mensagem do Graal
Leia Mais
Os guardiões

julho 13, 2024


"
Sempre um de nós acompanha agora as crianças que hoje já estão com mais de dez anos’, explicou Gauê, 'e que, para a sua idade, já enfrentam a vida de modo muito independente. Permanecemos, logicamente, sempre invisíveis. Contudo, as crianças sabem, geralmente quando percorrem longas distâncias, que nós nos encontramos nas proximidades. Todas elas têm pequenas cornetas, com as quais podem nos chamar ao necessitarem de alguma informação.'"

Roselis von Sass, O Nascimento da Terra
Leia Mais