Universo vivo

janeiro 04, 2022

Lindo por do sol no mar com pedras

"Ele olhou para cima, explicando-me, depois, que todo o Universo estava cheio de espirais. 

‘É dessa forma, pois, que nós as vemos. Contudo, essas espirais são sistemas de galáxias. O bramido vem de diversas partes das galáxias. Além disso, existem por toda a parte massas de gases em altas temperaturas. Ondas de rádio, provenientes de astros que explodem, movimentam massas de gases e provocam outros ruídos, cujos nomes são ainda desconhecidos, inclusive pelos cientistas da Terra. Estes possuem hoje, apesar de suas pesquisas, um fraco saber referente à física atômica e à astrofísica. Não devemos esquecer que todo o Universo vive! Bem podemos imaginar que as coisas não ocorrem lá em cima silenciosamente. Consideremos apenas que existem sóis no Universo cujas massas de gases alcançam bilhões de quilômetros…

O Sol terrestre é constituído de gases incandescentes, e as colossais erupções, que vossos astrônomos podem observar no Sol com seus instrumentos, também não ocorrem silenciosamente.’” 

Roselis von Sass, O Nascimento da Terra


Leia Também

Desprender

setembro 25, 2022

Ilustração de flor azul


Podemos até achar que somos livres, como uma pipa ao vento. Mas, se prestarmos atenção, talvez estejamos ainda ligados por um fio a valores que precisam ser deixados ou reformulados.

Leia Mais
Olhar atento

setembro 21, 2022

lírios

 

 Abdruschin, Na Luz da Verdade - Mensagem do Graal

Leia Mais
Dádivas da Terra

setembro 18, 2022

Mão colhendo trigo em uma plantação
 
"Não devemos permitir que nada se estrague! ensinavam a todos que frequentavam suas escolas. Pois os frutos da Terra são dádivas de Olija, a senhora da Terra, e de Inti, o senhor do Sol! E de todos os seus grandes e pequenos servos. Estes fazem com que as sementes germinem de tal forma, que brotem em direção à luz. As boas colheitas e toda a abundância que temos, agradecemos a eles! O trabalho com o qual contribuímos é a menor parte…” 

Roselis von Sass, A Verdade sobre os Incas
Leia Mais