Passado brasileiro

março 13, 2021

Foto em destaque de deslumbrante flor com pétalas vermelhas em abertura invertida com destaque de centro rosado com hastes delicadas a ofertar néctar para minha abelha sem ferrão.

“Os povos antigos do Brasil eram bem desenvolvidos não apenas espiritualmente, como também terrenalmente. Eles assemelhavam-se em muito aos primeiros sábios da Caldeia, que viveram há sete mil anos. Principalmente no que se referia aos conhecimentos de botânica, geologia, zoologia e astronomia. Em tudo o que se refere à natureza eles superavam amplamente a ‘civilizada’ humanidade hodierna. Estavam, pois, bem familiarizados com todos os entes que se ocupavam desde o início com o desenvolvimento e a conservação da natureza…

O saber que esses seres humanos possuíam surpreenderia hoje muitos cientistas. Entre outras coisas, conheciam todos os corantes naturais, sabiam como deviam alimentar-se a fim de não perturbar as funções do corpo. Também como extrair o veneno da mandioca, era-lhes conhecido. Curavam doenças e feridas, e fabricavam óleos que apesar de seu aroma agradável espantavam todos os insetos… Até o sexo de uma criança em formação eles eram capazes de determinar antes do nascimento…

Mas havia entre eles também artistas. Estes confeccionavam pequenas obras de arte de madeira, ossos e barro, e também várias flautas, existentes em diversos tamanhos.

Cada tribo maior possuía um escudo, uma espécie de brasão chamado ‘oté’. Geralmente era escolhido um pássaro para tal fim ou também um outro animal. Esse escudo nada tem em comum com o ‘totem’ dos índios norte-americanos. Tinham o mesmo significado que os brasões com os animais das estirpes da nobreza europeia…”

Roselis von Sass, Revelações Inéditas da História do Brasil

Conheça mais 



Leia Também

Percepção do Tempo

dezembro 03, 2022

Tons dourados de luz natural sob destaque de detalhes em plantação de trigo.

É a vivência do ser humano que se intensifica a partir de certa idade, e não o tempo. O tempo não muda. Os movimentos dos ponteiros do relógio apenas registram numericamente nossa passagem dentro do tempo aqui na Terra. O tempo não passa, nós é que passamos dentro dele.”

Roberto C. P. Junior, Jesus Ensina as leis da Criação
Leia Mais
Intuir na oração

novembro 29, 2022

Galhos com gotas de orvalho brilhando na luz do sol

“Na alegria ou na aflição é sempre muito mais valioso um intuir ardente, sem palavras, do que mil orações verbais, mesmo que esse intuir dure apenas uma partícula de segundo.”

Abdruschin, Os Dez Mandamentos de Deus e o Pai Nosso
Leia Mais
Girar junto

novembro 26, 2022

Ilustração de moça em cima de cavalo


Quero me ajustar aos ventos que botam folhas, cabelos e crinas a voar pelo espaço – sem dor, sem resistência, feito música. 

Leia Mais