desNutrição

janeiro 07, 2014


Sibélia Zanon

Quando o principal interesse que está por trás de tudo o que se faz é o financeiro, impera a insensibilidade em torno das produções humanas. Será que em vez de Tistu, nos transformamos em meninos do dedo cinza? Ou, quem sabe, em Midas, aquele do dedo de ouro? Antes que as abelhas nos abandonem definitivamente e a colmeia da vida feneça, precisamos nutrir nossas almas.

“O planeta, com seus recursos reconhecidamente finitos, talvez seja capaz de satisfazer as necessidades do homem, mas é totalmente inadequado à satisfação de sua ganância.”

Zygmunt Bauman



Leia Também

Pais

agosto 09, 2020

Pai caminhando em estrada de terra de mãos dadas com filho pequeno.


"Que tesouro não é tirado de cada criança, quando  
não  pode honrar com toda a alma seu pai e sua mãe!”

Abdruschin, Os Dez Mandamentos e o Pai Nosso
Leia Mais
Enriquecimento

agosto 06, 2020

Aquarela de abelha esverdeada, metalizada, sobre mini orquídeas brancas.

“Podemos ser amigos do pequeno universo do qual fazemos parte, preservando e enriquecendo o que há de bom nele. Podemos ser amigos e admiradores incuráveis das pessoas, do nosso pedaço de chão, do rio vizinho, do ar, das árvores e dos animais.”

Sibélia Zanon, Espiando pela Fresta
Leia Mais
Lei da Harmonia

agosto 04, 2020

Imagem de orquídea cor de rosa escuro, pintadinha, em zoom de todos os detalhes e sua beleza.

“O mal se destrói a si mesmo! Apenas o que estiver ancorado na lei da harmonia tem existência duradoura!”


Roselis von Sass, A Desconhecida Babilônia
Leia Mais