desNutrição

Janeiro 07, 2014


Sibélia Zanon

Quando o principal interesse que está por trás de tudo o que se faz é o financeiro, impera a insensibilidade em torno das produções humanas. Será que em vez de Tistu, nos transformamos em meninos do dedo cinza? Ou, quem sabe, em Midas, aquele do dedo de ouro? Antes que as abelhas nos abandonem definitivamente e a colmeia da vida feneça, precisamos nutrir nossas almas.

“O planeta, com seus recursos reconhecidamente finitos, talvez seja capaz de satisfazer as necessidades do homem, mas é totalmente inadequado à satisfação de sua ganância.”

Zygmunt Bauman



Leia Também

Dragões

Março 15, 2019

Leia Mais
Força da natureza

Março 06, 2019

Leia Mais
Convicção

Fevereiro 21, 2019

Leia Mais

Cadastre-se