Roselis von Sass

Revelações Inéditas da História do Brasil

Material

Também disponível para Kindle. Acesse a loja pelo botão abaixo.




  • Roselis von Sass, em Revelações Inéditas da História do Brasil, propõe ler o Brasil com um olhar voltado para a espiritualidade! Para tanto, ela faz uma análise de três momentos considerados fundamentais para a História do País: os Povos Antigos que aqui habitaram, as circunstância que levaram à Independência e a construção de Brasília, deslocando a capital do país para o interior do território nacional.

    Em uma narrativa minuciosa, a autora discorre sobre os Incas, Ophir, Tupan-an, Tamoios, Tupis e Guaranis, revelando as origens de povos que, em épocas remotas, se desenvolveram em nossa terra. A narrativa leva à reflexão de que muito da nossa História permanece evidente naquilo que designamos mitos e lendas.

    Roselis von Sass examina, com riqueza de detalhes, os fatos que antecederam a Independência do Brasil e que culminaram com a emancipação política do País. Revela, também, particularidades sobre grandes personagens envolvidos na luta pela Independência, fazendo, inclusive, justiça à brilhante e decisiva atuação da primeira imperatriz brasileira, Dona Leopoldina, que, por muito tempo, foi ofuscada na historiografia oficial.

    Fatos novos sobre a História de Brasília são trazidos para que se possa entender as razões dessa construção: "No presente relato serão dados a conhecer acontecimentos que, embora remotos, justificam a afirmação de que a construção de uma grandiosa cidade em Goiás já havia sido planejada ainda antes do Descobrimento do Brasil pelos portugueses…"

    Revelações Inéditas da História do Brasil convida o leitor a uma envolvente viagem pelas origens e caminhos do Brasil.

     

     

    Leia um trecho da obra no livrete gratuito

     

  • ISBN 978-85-7279-112-0
    EAN 9788572791120
    242 p. - 2010
    7ª ed. - Brochura
    14,0 x 20,9 cm


SOBRE A AUTORA


Roselis Von Sass

Roselis von Sass (1906-1997), nascida na Áustria, no ano de 1906, passou sua infância na Europa, fazendo lá também seus estudos.

Ainda jovem, em companhia de seu pai, veio para o Brasil, fixando-se aqui definitivamente. Casou-se, radicando-se na vivenda do casal, situada nos arredores de São Paulo. Aliás, tornou-se marcante na personalidade dessa tão especial escritora o seu profundo apego a nossa terra e nossa gente.

Muito cedo sua alma sensível aprendeu a discernir a realidade das aparências e ainda menina descobriu que: "Não é o lugar em que nos encontramos nem as exterioridades que tornam as pessoas felizes; a felicidade provém do íntimo, daquilo que o ser humano sente dentro de si mesmo".

Tudo o que aconteceu no decorrer dos tempos ficou registrado e guardado. Nada se perdeu. Pode-se dizer também que toda a vida humana que começou há milhões de anos foi filmada e arquivada até que todos os destinos humanos se cumpram na Lei da Justiça.

E a autora tem, como característica marcante de sua personalidade, o dom de perscrutar esse passado, narrando a grande tecedura de acontecimentos que ficaram gravados no grande livro do viver humano.

Sua vida laboriosa e fecunda foi sempre dirigida pelo "Amor". Amor à natureza com todas as suas criaturas; amor aos seres humanos e sobretudo um profundo e fiel amor ao Criador.