Encontros

agosto 11, 2020

pessoa caminhando na areia da praia no por do sol com gaivotas voando

“ … Alberto ouviu a canção com profunda tristeza, parecendo-lhe ver à sua frente Yara
em pessoa. A luta que havia meses vinha travando ainda não estava abrandada. Uma pergunta
nesse momento brotou de seu íntimo:
‘Por que são tão estranhos os caminhos da vida e do amor? As pessoas se encontram,
sofrem e se separam… Onde estaria a verdade de todas essas coisas inexplicáveis? Onde?…’
Seu pensamento voltou-se então carinhosamente para sua esposa, a fiel Celina: ‘Como
abandoná-la?’
Alberto sentiu-se perturbado e triste, até que uma outra pergunta surgiu em sua mente:
‘Seria possível construir a felicidade sobre o sofrimento de outrem?…’”

Roselis von Sass, Fios do Destino Determinam a Vida Humana

 



Leia Também

Doadores

abril 08, 2021

Mão estendida para amparar

“Temos de nos mostrar dignos de nossa condição humana! Devemos nos movimentar e trabalhar, criando um mundo no meio do reino da natureza, um mundo de beleza e harmonia! Atuando assim, então não seremos somente os que recebem, mas também os doadores!”

Roselis von Sass, A Verdade sobre os Incas
Leia Mais
Perda

abril 06, 2021

Por do sol refletindo na água

“Somente no decorrer dos últimos sete mil anos é que foi aniquilado totalmente o verdadeiro saber que as criaturas humanas possuíam da atuação dos enteais.”

Roselis von Sass, O Livro do Juízo Final
Leia Mais
Mentira

abril 01, 2021

Foto. Horizonte de terreno ressecado com tênue linha infinita de nuvens duradas em movimento.

“Nós, incas, não conhecíamos a mentira. Nem tínhamos uma palavra ou uma expressão para denominar tal mal. Agora, contudo, somos obrigados a nos ocupar com esse mal, se quisermos libertar os outros disso e curá-los”.

Roselis von Sass, A Verdade sobre os Incas
Leia Mais