Encontros

agosto 11, 2020

pessoa caminhando na areia da praia no por do sol com gaivotas voando

“ … Alberto ouviu a canção com profunda tristeza, parecendo-lhe ver à sua frente Yara
em pessoa. A luta que havia meses vinha travando ainda não estava abrandada. Uma pergunta
nesse momento brotou de seu íntimo:
‘Por que são tão estranhos os caminhos da vida e do amor? As pessoas se encontram,
sofrem e se separam… Onde estaria a verdade de todas essas coisas inexplicáveis? Onde?…’
Seu pensamento voltou-se então carinhosamente para sua esposa, a fiel Celina: ‘Como
abandoná-la?’
Alberto sentiu-se perturbado e triste, até que uma outra pergunta surgiu em sua mente:
‘Seria possível construir a felicidade sobre o sofrimento de outrem?…’”

Roselis von Sass, Fios do Destino Determinam a Vida Humana

 



Leia Também

Desprender

setembro 25, 2022

Ilustração de flor azul


Podemos até achar que somos livres, como uma pipa ao vento. Mas, se prestarmos atenção, talvez estejamos ainda ligados por um fio a valores que precisam ser deixados ou reformulados.

Leia Mais
Olhar atento

setembro 21, 2022

lírios

 

 Abdruschin, Na Luz da Verdade - Mensagem do Graal

Leia Mais
Dádivas da Terra

setembro 18, 2022

Mão colhendo trigo em uma plantação
 
"Não devemos permitir que nada se estrague! ensinavam a todos que frequentavam suas escolas. Pois os frutos da Terra são dádivas de Olija, a senhora da Terra, e de Inti, o senhor do Sol! E de todos os seus grandes e pequenos servos. Estes fazem com que as sementes germinem de tal forma, que brotem em direção à luz. As boas colheitas e toda a abundância que temos, agradecemos a eles! O trabalho com o qual contribuímos é a menor parte…” 

Roselis von Sass, A Verdade sobre os Incas
Leia Mais