Encontros

agosto 11, 2020

pessoa caminhando na areia da praia no por do sol com gaivotas voando

“ … Alberto ouviu a canção com profunda tristeza, parecendo-lhe ver à sua frente Yara
em pessoa. A luta que havia meses vinha travando ainda não estava abrandada. Uma pergunta
nesse momento brotou de seu íntimo:
‘Por que são tão estranhos os caminhos da vida e do amor? As pessoas se encontram,
sofrem e se separam… Onde estaria a verdade de todas essas coisas inexplicáveis? Onde?…’
Seu pensamento voltou-se então carinhosamente para sua esposa, a fiel Celina: ‘Como
abandoná-la?’
Alberto sentiu-se perturbado e triste, até que uma outra pergunta surgiu em sua mente:
‘Seria possível construir a felicidade sobre o sofrimento de outrem?…’”

Roselis von Sass, Fios do Destino Determinam a Vida Humana

 



Leia Também

Ligações de amor

junho 11, 2024


“J
á sabia quais os pensamentos e imaginações que a coluna de fumaça ascendente havia despertado nele. E não era de se esperar outra coisa, pois o casal real estava ligado entre si em amor. Por isso um sempre sabia tudo do outro.”

Roselis von Sass, Sabá, o País das mil Fragrâncias

Leia Mais
Tempo

junho 08, 2024


Ora ele parece curto, ora comprido. Mas nunca encolhe nem estica. O tempo fica parado, e somos nós que nos movemos. O tempo das obrigações nos pressiona do lado de fora, enquanto por dentro funcionamos em outro ritmo.

Leia Mais
Construir o novo

junho 06, 2024


Para construir o novo... clique para assistir.
Leia Mais